sábado, abril 23, 2011

Todo es un milagro.



Cake e Croquembouche. Óleo sobre tela de linho. Will Cotton e Mary Boone Gallery, 2010.


Ou, posto de outra maneira: Todo es un milagro. Es un milagro que uno no se disuelva en la bañera como un terrón de azúcar. Pablo Picasso.

2 comentários:

Cátia disse...

Sobrevivemos criando realidades paralelas onde possamos voltar a viver, e tu fazes isso na perfeição, parabéns!

Cátia Santos (ISCAS!! LOL)

Jorge P. disse...

Não há cá nenhuma perfeição, mas nem isso nos interessa. És bem vinda. :)